Semiótica discursiva aplicada a um post de transição capilar do Facebook | Discursive semiotics applied to a capillary transition Facebook status

Isaac Matheus Santos Batista, Marcelo Machado Martins, Laura Susana DUQUE-ARRAZOLA

Resumo


Muitas pessoas negras que lutam contra o racismo têm utilizado a internet como um meio para exercer sua cidadania e ativismo político. Um exemplo disso pode ser visto nos posts de transição capilar que são frutos da resistência dos negros contra o padrão de beleza hegemônico que privilegia o branco. Neste trabalho, analisamos como se dá a geração de sentido do discurso de um post do Facebook que mostra o resultado da transição capilar feita por uma pessoa negra. Por meio da semiótica discursiva, compreendemos que esse post de transição capilar apresenta uma valorização da negritude, ao dar um novo significado, agora positivo, às origens e aos traços físicos dos negros. Além disso, percebe-se que o discurso presente no ambiente virtual se impõe para o mundo material, pois o post também visa manipular os outros a valorizarem e aceitarem os traços diacríticos da raça negra.

+++++

Many people of color who struggle against racism have used internet as a means to exercise their citizenship and political activism. One example of this is the capillary transition Facebook status and posts that are a result of the black resistance against the white standard of beauty. In this paper, we will analyze the generation of meaning of the discourse of a Facebook status that shows the results of a capillary transition made by a person of color. Using the discursive semiotics, we comprehended that this status presents a valuation of blackness, by giving a new meaning, this time positive, to the origins and to the phenotypes of the people of color. Furthermore, we noticed that the discourse on the virtual environment

imposes itself out to the material world, because this status also aims to manipulate others to
positively value and accept the diacritic features of the black race.


Palavras-chave


semiótica discursiva, ciberativismo, transição capilar

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.